23.1.12

Asneira...


E da grossa! Pois é! Quando a cabeça não tem juízo…tudo acaba assim!

Quando no post traz demonstrei o meu medo em utilizar a máquina de corte e cose, eu não contei tudo! É que na verdade quase sempre a minha ansiedade em ver o trabalho pronto, estraga tudo!

Comprei um fato de treino ao meu filho (do clube onde ele joga basquetebol), como ele é de uma elegância invejável, todas as calças que normalmente servem aos adolescentes da idade dele (13), para ele são enormes e servem-me a mim! Já não posso dizer o mesmo do calçado que já calça o 40.
Então como tudo tem solução, eu disse – ok, eu aperto e corto no tamanho, arranjo não há problema!

E assim foi, de imediato comecei com arranjo e confesso que já foi no ano passado! No entanto a “coisa” correu mal…a má da máquina cortou o que não devia!

Por isso fica aqui uma explicação:
1º. Marca-se o que se ter de apertar, alinhavando e cose-se quando se trata de tecido com composição de malha elástica, lycra, etc., na máquina de costura, com um ponto laçado em ziguezague (para que este estique e não se parta/corte).
2º. Corta-se algum do excedente e em 3º vai então à máquina de corte e cose para chulear.

Pois não foi o que fiz! mas depois da asneira e como as calças eram suficientemente grande, o erro deu para ser reparado. No entanto não repitam o que eu fiz!






1 comentário:

Ana Lopes disse...

Alô!!
Tudo bem??
Pois é o Miguel já está um reguila^_^
Mas muito esperto e mandão, lol
Beijokas e continuação de um bom trabalho!