24.2.12

Individuais


Se bem se lembram eu prometi no início do ano terminar e apresentar, se possível uma vez por mês, um trabalho daqueles que foram começados há alguns anos e que por várias razões guardei no esquecimento.
Sensivelmente há 13 anos quando nasceu o meu filho comprei um retalho de tecido e resolvi que dele iria fazer uns individuais, e jaz cortei e recortei e fiz três individuais, entretanto fui guardando para na próxima oportunidade comprar outro tecido que servisse de forro, os individuais foram sem querer caindo no esquecimento quando de repente, passados alguns meses lembrei-me dos ditos e peguei neles para os terminar, no entanto, já era tarde, pois sem nunca ter pensado que tudo iria acontecer tão rápido, vi o aumento da família, agora em vez de seremos três, num curto espaço de tempo já éramos quatro!
O tempo foi passando e no inicio deste ano ao fazer o balanço e querendo começar o ano com as arrumações feitas, então descobri estes trabalhos começados e não acabados, quando olhei novamente para os individuais pensei – somos quatro, logo há que arranjar uma solução!
Assim, peguei num deles e cortei ao meio, juntando mais alguns retalhos fiz dois a combinar com os outros dois de um único tecido, a combinação até acabou por ficar enquadra no conjunto.
Confesso que foi a primeira vez que fiz uns individuais e para uma primeira vez a “coisa” até não correu mal.
E pronto aqui está o primeiro trabalho, e garanto-vos que este trabalho foi um grande incentivo para continuar com os outros que faltam e que prometi ir apresentado.







1 comentário: