7.4.14

Recordar a Costa Nova



Apesar do concelho de Aveiro estar plantado à beira mar ou seja junto à costa, a praia que faz parte deste concelho é a de São Jacinto, no entanto para a maior parte dos aveirenses é uma praia que fica fora de mão, porque o acesso é por barco (para atravessar a ria, para quem também não sabe Aveiro é banhada uma ria - a Ria de Aveiro) ou então faz-se uns bons kms até lá chegar, talvez uns 50, esta viagem de carro obriga-nos passar por Estarreja, Murtosa, pela Torreira (praia do concelho da Murtosa) e finalmente São Jacinto.

Assim os Aveirenses facilmente se deslocam às praias do concelho vizinho – Ílhavo - à Barra (que não me fascina) e à Costa Nova - fascinante porque
quando se chega à esta praia, uma das primeiras imagens que salta à vista são as suas casas coloridas. Todas em fila, viradas para a ria de Aveiro, fazem da marginal uma imensa paleta de cor, com o fundo branco, donde ressaltam as riscas verdes, vermelhas, amarelas e azuis.

São chamados os "palheiros da Costa Nova". As primeiras casas típicas desta praia do concelho de Ílhavo foram construídas por pescadores. Nesse tempo serviam para guardar o material de pesca e tinham apenas uma divisão. De armazém passaram a casas de habitação dos homens do mar e agora são casas que fazem inveja, no bom sentido, é claro, a quem por ali passa.






Assim, para recordar a Costa Nova fiz esta mochila!
Um combinado de tecidos - um tecido alinhado e com fundo em ganga escura.

Indisponíveis







Saco - combinado de tecido alinhado e fundo em ganga, decorado com barco.
Ideal para guardar a toalha de praia e os chinelos



Sem comentários: